segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Parisien.



Nunca estamos preparados para a violência  que nos é dada a ver a todo o instante. E nunca sabemos muito bem como reagir a isso. As palavras não chegam para dizer tudo o que pensamos e sentimos por estes dias negros e de uma selvajaria atroz. Fica o silêncio e o pensamento nos que sofrem às mãos da brutalidade e da ignorância. Aqui, próximos ou distantes.
Apesar da esquizofrenia, que parece ter tomado conta do mundo, tento  fazer aquilo que sei, os mesmos passos, as mesmas rotinas, para tornar o meu mundo e dos que me rodeiam um bocadinho melhor. Sem nunca, mas nunca esquecer os valores da Liberdade, da Igualdade e da Fraternidade. Para fazer jus a todos os que pereceram

Fica aqui a minha afirmação declarativa da Liberdade, um doce, para um mundo tão cruel. Flan Parisien.
 
 
Como fazer:
 
800 ml de leite + e200 ml de natas + 4 ovos + 100 g de Maizena + 200 g de açúcar + 1 vagem de
baunilha 
 
Unta-se uma forma de aro com manteiga e forra-se com papel vegetal.
 
Aquecer o leite com a vagem de baunilha e as sementes raspadas. Assim que começa a ferver retirar-se do lume e remove-se a vagem.
 
À parte mistura-se os ovos com o açúcar. Junta-se a Maizena e por fim as natas e mistura-se bem.
Junta-se o leite quente, pouco a pouco, sem parar de mexer com uma vara de arames e leva-se ao lume até engrossar, mexendo sempre.
Coloca-se o creme num recipiente e cola-se película aderente por cima para não criar crosta. Deixa-se arrefecer completamente.
 
Coloca-se o creme na forma e alisa-se bem.
Vai ao forno pré-aquecido a 200 º durante 20 minutos. Deixa-se estar até ficar bem dourado.
Deixa-se arrefecer e reserva-se no frio durante umas horas.

 

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Maçã e chocolate. Para uma tarde feliz.


  

 

    


A simplicidade de certas coisas pode ser surpreendente, e isso é algo de muito bom. Enquanto procurava inspiração, para dar uso à abundancia de maçãs que moram na minha cozinha, lembrei-me de fazer umas bolachinhas de chocolate e maçã. Assim simples e descomplicadas. E o resultado não podia ser melhor, umas bolachinhas deliciosas, para uma tarde de Domingo feliz.  
 
Como fazer:
 
100 g de açúcar + 90 g manteiga + 50 g chocolate em pó ou cacau magro + 200 g de farinha + 1 ovo + 100 g de maçã ralada
 
Bate-se a manteiga com o açúcar e o chocolate em pó durante 2 minutos e depois junta-se o ovo.
Adiciona-se a farinha e envolve-se até ficar bem misturado.
Por fim junta-se a maçã ralada crua. Misturar tudo e formar pequenas bolas (uma colher de sobremesa cheia de massa). 
Coloca-se as bolas bem separadas umas das outras num tabuleiro forrado com papel vegetal.
Leva-se ao forno durante 15 minutos a 180 º. 

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

A chuva. Courgettes e Gengibre.

 

 




Quando os dias de Outono trazem chuva persistente a vontade de casa acentua-se. Ligar o forno.  Juntar ingredientes improváveis. Ver sair tabuleiros de bolachas aromáticas e imprevisíveis. Esperar a reação de quem as prova. Silêncio. O silêncio sempre naqueles momentos iniciais. Depois a alegria, a dos outros, e a nossa também, pelo pouco que pode ser tanto.
 
E poesia. Parece que se ouve o Outono nestas palavras. E são tão belas. 

"A chuva, outra vez sobre as oliveiras.
Não sei por que voltou esta tarde
se minha mãe já se foi embora,
já não vem à varanda para a ver cair,
já não levanta os olhos da costura
para perguntar: Ouves?
Oiço, mãe, é outra vez a chuva,
a chuva sobre o teu rosto."

Eugénio de Andrade

Como fazer:
 
100 g manteiga + 1 chávena de açúcar + raspa de 2 limões + 1/2 colher chá de sal + 1 colher sopa de gengibre fresco ralado + 1 chávena de farinha de trigo + 1 chávena de farinha de milho + 1 chávena de courgette ralada com casca

Bate-se a manteiga com o açúcar até obter uma mistura fofa. Junta-se o sal, a raspa de limão e o gengibre. Junta-se de seguida as farinhas e mistura-se até obter uma areia grossa. Acrescenta-se a courgette e bate-se até obter uma massa espessa.
Coloca-se colheradas de massa nos tabuleiros forrados com papel vegetal e leva-se ao forno pré-aquecido a 160º. Deixa-se estar até cozerem e ficarem douradinhas.
 
Retira-se do forno, deixa-se arrefecer e guarda-se em caixas.